Conecte-se conosco

Esportes

BRASIL ESTREIA NA COPA DO MUNDO EM BUSCA DO HEXACAMPEONATO

Publicado em

em

A seleção de Tite conquistou o status de favorita à conquista do troféu, após dominar as eliminatórias sul-americanas e registrar uma invencibilidade de 15 jogos (12 vitórias, sete delas consecutivas, e três empates).

A sólida Sérvia, nesta quinta-feira, às 16h, em Doha/Catar, é o primeiro degrau do Brasil rumo ao hexacampeonato mundial. A tarefa diante de um adversário conhecido – a quem venceu por 2 a 0 na fase de grupos da Copa da Rússia 2018 – não parece fácil: os sérvios carregam em seu retrospecto recente a classificação direta para a Copa superando Portugal, de Cristiano Ronaldo, que precisou disputar a repescagem.

O principal trunfo para o hexa mundial, que seria o primeiro título desde 2002, traz o 10 nas costas. Aos 30 anos, Neymar chega em grande forma a sua terceira Copa do Mundo (depois dos Mundiais do Brasil-2014 e da Rússia-2018), após um bom início de temporada no Paris Saint-Germain.

Embora demonstre solidez e regularidade, a equipe comandada por Tite precisa enfrentar fantasmas que aumentam a pressão sobre uma seleção que só admite vencer: duas décadas de jejum na Copa do Mundo, o humilhante 7 a 1 contra a Alemanha na semifinal do Mundial de 2014 e a derrota para a Argentina na final da Copa América-2021, em pleno Maracanã. 

Brasil – Alisson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Lucas Paquetá e Neymar; Raphinha, Richarlison e Vini Jr.

Sérvia – Vanja Milinkovic-Savic; Milenkovic, Stefan Mitrovic e Pavlovic; Zivkovic, Gudelj, Sergej Milinkovic-Savic, Kostic e Tadic; Jovic e Vlahovic.

Data e horário: 24/11/2022, às 16h (de Brasília; 22h no horário local)
Local: Estádio Lusail, em Al Daayen (QAT)
Árbitro: Alireza Faghani (IRA)
Assistentes: Mohammadreza Mansouri e Mohammadreza Abolfazli (IRA)
Quarto árbitro: Maguette Ndiaye (SEN)
​VAR: Abdulla Al-Marri (QAT)

Fonte: Correio do Povo;

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

BRASIL ENFRENTA SUÍÇA EM SEU SEGUNDO JOGO NA COPA DO MUNDO NESTA SEGUNDA-FEIRA

Publicado em

em

A Seleção Brasileira entra em campo pela segunda vez na Copa do Mundo 2022 nesta segunda-feira (28). A seleção venceu a Sérvia na sua estreia, na última semana, por 2 a 0. No entanto, agora as atenções estão voltadas para a Suíça, time que costuma dar trabalho. Isso porque a Suíça foi a primeira seleção que o Brasil enfrentou na Copa do Mundo de 2018. O jogo , na Rússia, acabou com empate de 1 a 1. Na disputa desta segunda-feira o Brasil enfrentará a Suíça pela 10ª vez.

-Rádio Uirapuru

Continue lendo

Esportes

FIFA PROÍBE BÉLGICA DE USAR CAMISA COM A PALAVRA “LOVE” DURANTE A COPA

Publicado em

em

A Bélgica, que já tinha sido impedida pela Fifa de usar a braçadeira com as cores do arco-íris durante a Copa do Mundo em apoio ao coletivo LGBTQIAP+, também não usará seu segundo jogo de camisas, de cor branca, nas quais está escrita a palavra “love” (“amor” em inglês). A informação foi divulgada nesta segunda (21) pela Real Federação Belga de Futebol (RBFA).

O uniforme, predominantemente branco, mas com partes nas cores do arco-íris, traz a palavra “love” na gola e, essa menção, segundo a RBFA, foi vetada pela Fifa. Bastaria retirar essa palavra para que o uniforme fosse validado pela organização.

“O desenho da camisa foi inspirado nos famosos fogos de artifício do festival de música Tomorrowland e representa os valores comuns de diversidade, igualdade e inclusão”, explicou a federação ao apresentar o uniforme em setembro.

Este veto não afetaria a Bélgica ao menos durante a fase de grupos, já que está previsto que a equipe use em seus três jogos o uniforme número um, de cor vermelha.

Sete seleções europeias pretendiam usar no Mundial do Catar a braçadeira “One Love” contra a discriminação. São elas: Inglaterra, Gales, Bélgica, Holanda, Suíça, Alemanha e Dinamarca. As equipes desistiram da iniciativa nesta segunda-feira, diante da ameaça de punições esportivas.

Em nota conjunta, as federações escreveram sobre a decisão. “A Fifa foi muito clara. Vai impor sanções esportivas se nossos capitães usarem as braçadeiras em campo. Como federações nacionais, não podemos pedir a nossos jogadores que se arrisquem a sanções esportivas, incluindo cartões amarelos”.

Em seguida, os representantes da federação belga ressaltam que, apesar da decisão contrária, “os jogadores e treinadores da Bélgica são grandes defensores da inclusão e continuarão mostrando seu apoio por outras vias”.

Além disso, haverá “um olhar crítico em suas relações com a Fifa” a partir de agora.

-GZH

Continue lendo

Esportes

TITE CONVOCA SELEÇÃO BRASILEIRA E MOSTRA OTIMISMO PARA COPA DO MUNDO

Publicado em

em

O último passo antes da Copa do Mundo FIFA Qatar 2022 foi dado. Após anunciar a lista dos 26 nomes que defenderão a Seleção Brasileira, o técnico Tite falou em entrevista coletiva sobre as suas escolhas e reforçou o espírito de confiança pela conquista do hexacampeonato.

No cargo técnico desde 2016, Tite teve dessa vez todo o período de preparação entre um Mundial e outro. Sem fazer comparações, o treinador explicou a importância de um trabalho a longo prazo e como isso deixa o time brasileiro ainda mais forte para buscar o título.

“Isso não deve ser comparado. Aquele era um ciclo de recuperação. Agora é um processo inteiro de quatro anos. É injusto fazer comparação, é injusto com os atletas. A gente começou na sexta colocação e tinha de vencer. Agora foi outra situação. Tivemos mais tempo de trabalho, pudemos fazer mais testes e chamar mais jogador. Mas não dá para comparar gerações”, afirmou o treinador.

O retrospecto de Tite à frente da Seleção impõe respeito. Nestes seis anos de trabalho, foram 76 jogos, com 58 vitórias, 13 empates e 5 derrotas. No atual ciclo do Mundial, são 50 jogos, com 38 vitórias, 9 empates e 3 derrotas.

Com números tão positivos, o treinador não esconde o otimismo sobre o time que estreia na Copa do Mundo contra a Sérvia, no dia 24 de novembro.

“Não estou dizendo que o time vai ganhar, mas o time chega mais forte, mais estruturado. E humanamente mais entrosado, os atletas sabem como a gente trabalha. A seleção chega mais firme, mais forte e consistente para o Mundial”, explicou.

Sobre a escolha dos 26 jogadores para a Copa do Mundo FIFA Qatar 2022, Tite mostrou segurança na opção por cada atleta e que respeita opiniões distintas.

“Eu respeito opiniões divergentes. Não estou aqui para convencer pessoas e nem quero isso. Quero só trazer dados informativos e verdadeiros para que cada um, democraticamente, tenha uma opinião”, finalizou.

Com os 26 jogadores definidos, a Seleção Brasileira inicia os treinamentos para o Mundial no dia 14 de novembro, em Turim. A comissão técnica, liderada por Tite, viaja no sábado, dia 12 de novembro, para a Itália. A viagem para o Catar está marcada para o dia 19, cinco dias antes da estreia contra a Sérvia.

-InFocoRS

Continue lendo