Conecte-se conosco

Esportes

CUCA É O NOVO TRINADOR DO ATHLETICO-PR

Publicado em

em

Cuca é o novo treinador do Athletico-PR para a temporada de 2024. O clube publicou nesta segunda-feira (4) o anuncio oficial. O treinador estava sem clube desde abril de 2024, quando decidiu deixar o Corinthians após classificação às oitavas de final da Copa do Brasil. A contratação havia gerado polêmica entre torcedores.

O novo técnico chega para substituir o cargo deixado por Juan Cargo Osório, que foi demitido neste domingo (3), após dois meses no cargo. O colombiano fez 12 partidas pelo Furacão, teve sete vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. A comissão técnica de Cuca também estará na nova equipe.

“Cuca é o nosso novo técnico para a sequência da temporada 2024. O treinador inicia os trabalhos no CAT Caju nesta terça-feira (4), data de reapresentação do elenco rubro-negro. Os auxiliares técnicos Cuquinha e Daniel Cerqueira também vão compor a nova comissão técnica athleticana, ao lado dos profissionais que fazem parte do staff permanente”, informou o comunicado do Athletico-PR.

Cuca ficou apenas dois jogos na última passagem pelo Corinthians. A condenação por estupro, ocorrida na Suíça durante excursão do Grêmio à Europa em 1987, pesou entre parte da torcida e gerou até conflitos com o time feminino.

Cuca anunciou a decisão de deixar o Timão em entrevista coletiva após se classificar às oitavas de final da Copa do Brasil nos pênaltis contra o Remo. Ele disse que pesou o pedido da família, que vinha sofrendo, segundo o treinador, ameaças nas redes sociais.

“Chega um momento que você pesa o que vale e o que não vale. Nesse momento, quero fazer valer minha família, Não esperava essa avalanche, são coisas que aconteceram há muito tempo. Fui julgado e punido pela internet”, afirmou

À época, jogadoras do time feminino também se manifestaram e publicaram, em tom de protesto, que “respeita [sic] as minas”, frase bastante utilizada por movimentos femininos e até mesmo pelo Corinthians, “não é uma frase qualquer”.

Condenação de estupro anulada

O Tribunal Regional do distrito de Berna-Mittelland, na Suíça, decidiu anular a sentença que condenava Cuca por estupro de uma menor de idade, episódio ocorrido no país durante excursão do Grêmio à Europa em 1987.

A juíza Bettina Bochsler acatou argumentação da defesa do treinador de que Cuca foi condenado à época sem representação legal. Por isso, no entendimento de seus advogados, teria direito a um novo julgamento.

Segundo as autoridades suíças, porém, isso não seria possível pois o crime já estava prescrito. O Ministério Público, então, sugeriu a anulação da pena e o fim do processo. O desfecho do caso foi revelado pela Folha de S. Paulo e confirmado pela CNN Brasil.

Indenização de R$ 55 mil

O encerramento do processo não significa que Cuca tenha sido inocentado, mas sim que o caso foi concluído por ausência de representação legal. Por irregularidade no julgamento, a juíza Bettina Boschler determinou uma indenização do Estado suíço a Cuca no valor de 9.500 francos, o equivalente a R$ 55 mil.

O caso ganhou grande repercussão midiática no ano passado, quando o técnico foi contratado pelo Corinthians. Imediatamente após o anúncio, em abril, houve um forte movimento de protesto à contratação do treinador por parte de torcedores corintianos.

CNN BRASIL

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

SÃO PAULO CONTRATA TÉCNICO LUIS ZUBELDÍA, ATUAL CAMPEÃO DA SUL-AMERICANA

Publicado em

em

Por

O argentino Luis Zubeldía será o novo técnico do São Paulo. Atual campeão da Copa Sul-Americana, ele terá vínculo com o clube até 2025. O anúncio ainda não foi feito oficialmente pelo clube, mas fontes confirmaram à CNN Brasil o acerto entre as partes nesta sexta-feira (19).

O treinador de 43 anos deve estrear contra o Barcelona, em Guayaquil, pela Copa Libertadores, no próximo dia 25. Zubeldía estava desempregado desde o começo do ano, quando pediu demissão da LDU. Na época, o São Paulo cogitou contratar o treinador após a saída de Dorival Junior para comandar a Seleção Brasileira.

Este será o primeiro clube brasileiro treinado pelo técnico, que também acumulou passagens por Racing, Lanús, Barcelona de Guayaquil, Cerro Porteño, Independiente de Medellín e Santos Laguna.

Campeão da Sul-Americana

O último trabalho de Zubeldía foi na LDU nas temporadas de 2022 e 2023. Ele, inclusive, foi campeão da Sul-Americana ao superar o Fortaleza na decisão do ano passado.

A campanha do argentino contou também com a eliminação do São Paulo, em agosto, diante de um MorumBIS lotado e com James Rodriguez perdendo pênalti. O argentino também conquistou o Campeonato Equatoriano em 2023.

Antes da contratação de Carpini, em janeiro, o Tricolor havia sondado o argentino para o cargo. O brasileiro não resistiu a uma sequência de maus resultados e foi demitido após a derrota para o Flamengo, por 2 a 1, no Maracanã, pelo Brasileirão.

CNN BRASIL

Continue lendo

Esportes

SÃO PAULO DEMITE CARPINI APÓS DERROTA PARA O FLAMENGO

Publicado em

em

Por

O São Paulo anunciou na manhã desta quinta-feira (18) a demissão do técnico Thiago Carpini. O técnico deixa a equipe após sofrer a segunda derrota seguida no Campeonato Brasileiro, diante do Flamengo, no Maracanã.

Em nota publicada nas redes sociais, o Tricolor informou que a equipe será comandada de forma interina pelo auxiliar Milton Cruz até que um novo treinador seja contratado.

Thiago Carpini foi contratado em janeiro de 2024 para substituir Dorival Júnior, que deixou o São Paulo para treinar a Seleção Brasileira. Em 18 jogos com o técnico, o Tricolor teve um retrospecto de 7 vitórias, 6 empates e 5 derrotas — aproveitamento de 50%.

Carpini, que tem 39 anos, conquistou o primeiro título da carreira ao derrotar o Palmeiras, nos pênaltis, na final da Supercopa do Brasil, mas a taça inédita não foi suficiente para mantê-lo no comando depois dos resultados ruins no Campeonato Paulista e no início do Brasileiro.

No Estadual, a equipe são-paulina foi eliminada nas quartas de final para o Novorizontino, no MorumBIS. Ainda, na estreia do clube na Copa Libertadores, derrota para o Talleres, da Argentina.

Com o revés para o Fortaleza na primeira rodada do Brasileirão, a situação do treinador já era complicada, e a demissão foi confirmada após o revés para o Flamengo, nesta quarta (17), por 2 a 0, no Maracanã.

Leia o comunicado do São Paulo na íntegra

O São Paulo Futebol Clube anuncia o desligamento do técnico Thiago Carpini após conversa entre o profissional e a diretoria nesta quinta-feira no Centro de Treinamento da Barra Funda.

O Clube agradece ao treinador todo o empenho, dedicação e serviços prestados e feitos alcançados durante este período em que esteve à frente da equipe, com a conquista da Supercopa e a quebra de tabu contra um rival, que incomodava o torcedor.

A diretoria, a partir deste momento, passa a trabalhar na busca do novo técnico, respeitando os processos e critérios adotados em outras oportunidades semelhantes anteriormente. A partir de hoje, e até que a chegada do novo profissional seja definida, o time será comandado interinamente pelo auxiliar técnico Milton Cruz.

CNN BRASIL

Continue lendo

Esportes

DANIEL ALVES FAZ PRIMEIRA APARIÇÃO PÚBLICA COM ESPOSA

Publicado em

em

Por

Daniel Alves, condenado a quatro anos e meio de prisão por crime de estrupro, aguarda a análise de recursos em seu julgamento. Em liberdade provisória desde março, o ex-lateral da Seleção Brasileira foi visto caminhando nas ruas de Barcelona ao lado da esposa Joana Sanz. De acordo com a revista “Diez Minutos”, o casal teria ido às compras e depois a um restaurante.

Esta é a primeira vez que o atleta é flagrado em público sem a companhia de sua advogada, Inés Guardiola, desde que deixou o presídio de Brians 2 mediante o pagamento de fiança estipulado em 1 milhão de euros (cerca de R$5,45 milhões, na cotação atual).

Recentemente, Joana Sanz compartilhou nas redes sociais uma foto de mãos dadas com o marido. A publicação indicou a retomada no relacionamento do casal que vivia altos e baixos desde a prisão preventiva do ex-lateral, em janeiro de 2023.

No julgamento de Daniel Alves, realizado em fevereiro deste ano, a esposa depôs a favor do atleta. Ela alegou que o atleta havia chegado bêbado em casa na noite em que cometeu o crime de agressão sexual a uma jovem em uma boate de Barcelona.

Relembre o caso

No dia 30 de dezembro de 2022, uma jovem de 23 anos denunciou ter sido abusada por Daniel Alves, na boate Sutton, na Espanha.

A ação teria acontecido em uma área privada da balada. Lá, a jovem estava com uma prima e uma amiga, quando foram convidadas para tomar drinks com Daniel Alves e um amigo que o acompanhava. A princípio, elas rejeitaram o convite, mas acabaram aceitando pela insistência dos dois.

Enquanto estavam juntos, Daniel tentou se aproximar e abraçar a vítima, e chegou a pegar a mão da vítima e passar em suas partes íntimas.

Por volta das 3h20 da manhã (horário local), Daniel chamou a vítima com um gesto e a trancou no banheiro, onde aconteceu o crime.

“Lembro que ele se sentou e eu disse que teria que ir [embora]. Lembro que ele levantou meu vestido e me fez sentar no colo dele. E começou a me falar muitas coisas. Ele insistiu para que eu dissesse que eu era a p* dele. E a partir daquele momento eu resisti. Ele puxou meu vestido e me fez sentar no colo dele”. Essa foi a fala da jovem durante o depoimento, divulgado pelo programa ‘Y Ahora Sonsoles’. Ao dizer que não queria manter relações sexuais com o ex-atleta, a jovem começou a ser agredida por ele. A recusa causou raiva em Daniel, que agarrou a mulher pelo pescoço e deu diversos tapas nela.

“Ele tentou fazer com que eu fizesse sexo oral nele. Fui me afastando, até que ele me agarrou pelo pescoço e começou a me dar tapas”. Segundo o MP, a vítima teria pedido várias vezes para deixar o local, mas foi impedida. Depois de toda a ação do ex-jogador, a mulher foi deixada na boate, onde desmaiou, até que uma equipe do estabelecimento ajudou a jovem.

Condenação

Daniel Alves foi condenado a quatro anos e meio de prisão, além de uma liberdade supervisionada de cinco anos. A juíza do caso, Isabel Delgado, também estipulou que fosse paga uma indenização de 150 mil euros e ordenou que Daniel Alves ficasse afastado da vítima por nove anos. As custas processuais também ficarão a cargo de Alves.

Em depoimento durante a audiência que selou a sua condenação, Daniel Alves chorou, disse ter ingerido bebida alcoólica e negou que tenha violentado a mulher.

Liberdade provisória

Condenado por estupro na Espanha, o ex-lateral deixou o presídio de Brians 2 mediante o pagamento de fiança estipulado em 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,45 milhões, na cotação atual).

O ex-jogador estava preso desde janeiro de 2023. Por isso, a defesa de Daniel entrou com o pedido de liberdade provisória, no dia 19 de abril, alegando que já havia sido cumprido um quarto da pena.

CNN BRASIL

Continue lendo